Certificação Profissional

Este artigo discute um fenômeno da idade moderna A certificação profissional.

Em algumas áreas, como tecnologia da informação, as especialidades são tantas que o profissional sai da educação formal sem preparo para atuar profissionalmente. Surgem então um tipo de educação informal: as certificações.

Órgãos se especializam em fornecer certificados em uma área de conhecimento específico. Esse é o caso da certificação em gestão de processos (PMP - Project Manager Professional). O que essas empresas fazem é garantir, através de certificado,  que uma pessoa passou pelo teste de conhecimentos teóricos. Cada individuo necessita adquirir esses conhecimentos por conta própria em cursos informais no mercado.

O mercado de trabalho costuma reconhecer estas certificações como válidas e o indivíduo que as possui é valorizado em determinadas áreas. Em algumas áreas, como tecnologia da informação, essas certificações valem até mais do que um diploma da formação profissional.

Existem categorias profissionais em que a certificação é realizada pelos próprios órgãos que regulamentam a  profissão. É o caso da Ordem dos advogados do Brasil (OAB) com  o já famoso teste da OAB. Ou seja não basta o diploma de advogado, tem que ter a certificação da OAB, que um teste teórico de conhecimentos.

Outras certificações são controladas por institutos criados com o objetivo de criar padrões de mercado, apoiando uma determinada área de conhecimento. Um caso típico é o instituto  internacional PMI (Project management Institute)  que é responsável por desenvolver e manter padrões em gestão de projetos e coordena a certificação PMP (Project Management Professional).

Existem casos até em que a certificação atende à necessidade específica de uma determinada empresa. É o caso das certificações Microsoft e Cisco, que certificam conhecimentos em produtos das empresas.

Em todos os casos os testes são desenvolvidos pelos órgãos ou empresas especializadas e aplicados por uma empresa especializada apenas na aplicação. Os testes são controlados por computador que escolhe aleatoriamente um conjunto de perguntas aplicadas a um determinado candidato, dentre um universo de perguntas disponíveis.

Isso faz com que cada candidato recebe perguntas diferentes. Os testes de certificação possuem um custo elevado, e o candidato necessita estar teoricamente afiado. Mas vale a pena por que mercados específicos valorizam esses certificados.

Os certificados possuem período de validade, considerando que acordam áreas técnicas que se desatualizam muito rapidamente.

A proliferação de certificados profissionais é uma confirmação que a educação formal não é suficiente nos dias de hoje para preparar os profissionais para o mercado de trabalho.

Esta entrada foi publicada em Carreira, Educação profissional, Empregabilidade e marcada com a tag , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>