Lisboa: Um roteiro de 7 dias

De onde: Brasília
Como fomos: de avião
Duração: Dezenas de dias em viagens diferentes
Quando: Diversas vezes. Última em julho de 2012
Daqui para onde: Diversos países da Europa
Hotel: Sana Rex e Sofitel Lisboa
Atrações: Passeios, porto, praias, mosteiros, castelos, jardins, museus, compras, gastronomia.

Estivemos em Lisboa muitas vezes. É necessário esclarecer que sou Português, morando a muitos anos em Brasília e tenho parentes em Portugal na Região de Coimbra. Viajo periodicamente para vista-los e  aproveito as ferias para visitar outros países. Tenho também amigos em Lisboa. Passo, portanto, várias vezes em Lisboa em cada viagem e sempre dou uma parada de alguns dias em cada viagem. Neste texto relato minhas experiências na cidade, que ressalto, é uma das preferidas de minha esposa.

Por que Lisboa vale a pena? Quantos dias ficar?

Lisboa é uma cidade diferente. Algumas pessoas podem até não gostar dela,talvez por não entendê-la. A maioria dos amigos que a visitaram gostaram, mas houve quem não gostasse. Lisboa vale a pena por muitas coisas. Tem um sol brilhante e constante. No verão chove muito pouco. Come-se muito bem. Há muita história, é uma cidade fotogênica. Há  muitos passeios por fazer, diversificados. Tem o a presença constante do Tejo. Tem muitas atrações em seus arredores. É ponto de partida para excursões de média duração.

Enfim, o que fazer não falta nessa cidade. Quantos dias então eu recomendaria passar em Lisboa? Se você quiser dizer com convicção que gostou ou não gostou da cidade eu diria que você tem que ficar no mínio 5 dias apenas em Lisboa e seus arredores. Se ficar menos que isso você a conhecerá parcialmente e não poderá julgá-la pelo pouco que viu.

Além de tudo o que há para ver Lisboa é uma das cidades mais fotogênicas que visitei e visitei muitas cidades pelo mundo. Tive dificuldade até de organizar as fotos para este site. Por isso lisboa está dividida por dezenas de Posts por tema, com mais de duzentas fotos.

A seguir analisamos um roteiro que exige esses 7 dias. Não o fizemos de uma única vez. Repetimos várias vezes esse roteiro em épocas diferentes. É o que recomendamos pela nossa experiência e talvez não tenhamos ainda extraído tudo que Lisboa e seus arredores tem a oferecer.

Antes de Pousar. Lisboa vista do Céu.

A primeira grande atração de Lisboa está no Céu. É e a chegada de avião. Lisboa é linda e fotogênica vista do céu. Faça questão da Janela. Principalmente para quem chega do Brasil as 6 horas da manhã, a visão de Lisboa de cima é emocionante. Principalmente na primeira vez. Eu nunca esqueci. Após cerca de 9 horas de vôo, a visão de Lisboa amanhecendo é fantástica. O Tejo, as pontes, o casario Branco, os parques. Provavelmente você sobrevoará Lisboa passando bem baixo pelo Parque Eduardo VII com a cidade e o Tejo ao fundo. Prepare a máquina. Não tenha vergonha de tirar muitas fotos. Veja as minhas fotos do avião.

Onde ficar

Lisboa tem um amplo leque de opções para hospedagem. É talvez uma das cidades mais baratas da Europa. É possível encontrar boas opções de hotéis três estrelas, centrais na faixa de 70. Já ficamos no Hotel Sana Rex, um três estrelas na Rua Castilho, em frente ao parque Eduardo VII, com uma ótima vista de Lisboa.  Ficamos também no Sofitel, um cinco estrelas com preços bons em reservas pagas adiantadas (12o euros).  Como o Centro de Lisboa tem muitos passeios a pé é recomendável ficar próximo ao centro. Lisboa tem um bom metros, mas ficando no centro você economiza tempo e passagens. Veja artigo sobre as vistas do hotel Sana Rex

O primeiro Dia

Já em terra firme não se esqueça que são 6 da manha. Antes das sete horas você já está no taxi. Nenhum hotel vai acomodar você nesse horário.  Claro que eles aceitarão as suas malas. Portanto, prepare-se para um primeiro passeio. Deixe as malas no hotel e saia para o primeiro passeio. Há pessoas que reservam uma diária na noite anterior à chegada para poder entrar no quarto do hotel.

Para o primeiro dia, como você está cansado da viagem e nem pode entrar no quarto recomendo o sightseeing para um primeiro contato com a cidade  de uma forma leve, sem correrias. Na praça marques de Pombal, bem perto dos hotéis mencionados, há vários deles. Vale a pena comprar o passe de dois dias. Você sobe e desce do ônibus em cada atração turística. É só descer e tomar o próximo, no máximo meia hora depois.

Como Lisboa é grande há dois trajetos distintos. Uma para baixo do Tejo, na direção da torre de Belém e outra para cima, na direção no Parque das nações. Comece bem seu dia em Lisboa. Vá para a Torre de Belém. Pare primeiro na torre que pode ser visitada. Ao visite  Monumento aos Descobrimentos.  Atravesse a rua por uma passagem subterrânea para o Jardim da praça do império e vá visitar a igreja e o Mosteiro dos Jerônimo, recentemente revitalizado.  Saindo do mosteiro você ainda pode andar um pouco e comer um dos famosos pastéis de Belém, ou comprar uma caixa deles, já que você pegou uma fila muito grande para comprar apenas um.  Se você agüentar mais uma visita antes de almoçar vá até ao museu dos Coches. Veja o post e as fotos específicos de Belém e Jeronimos.

Hora de pegar o ônibus de volta para a praça Marques de pombal e finalmente fazer o seu checkin no hotel. Se estiver no Sofitel ou no Rex são poucos minutos de caminhada.  Se quiser almoce um bacalhau bom e barato para sentir que você já está mesmo em Portugal. O restaurante Sancho, dos irmãos Paulo e Alberto Silva, na travessa da gloria, é uma boa pedida.

Depois do almoço você pode decidir entre as caminhadas por Lisboa ou fazer a segunda parte do sightseeing. Vou supor que você fará este último e seguirá em direção ao parque das nações, onde está o Portugal super moderno, um grande shopping e o belíssimo Aquário de Lisboa. Você ficará surpreso. Pela modernidade dos edifícios residenciais e de escritórios construídos no que era uma zona degradada. Ficará surpreso também com a grandiosidade e profissionalismo do Aquário de Lisboa. Veja post e fotos do Oceanário.

E ainda tem uma caminhada pelo parque e um bom café nos bares ou no shopping. Se quiser ainda há uma gôndola horizontal que anda um pequeno trecho sobre o Tejo.

Ufa. Já deve ser tarde e talvez você queira voltar para o hotel de metro e não de ônibus. E você talvez ainda queira curtir a primeira noite em Lisboa no animado Bairro Alto.

A noite em Lisboa

O português gosta da noite. O Bairro Alto à noite é uma animação como pouco se vê ao redor do mundo. Restaurantes, casas de fado e botes se espalham por diversos quarteirões.

Mas Lisboa não tem só o bairro alto. A doca de Alcântara é um outro lugar para sair a noite para almoçar em bons restaurantes. Mas aqui a animação é menor e acaba mais cedo.

E além disso o castelo de São Jorge tem um restaurante onde se pode apreciar o visual de Lisboa à noite. Um jantar mais romântico.

Além  de curtir a noite, vale também apreciar a cidade à noite, mas especificamente no entardecer e na cidade baixa e no Castelo de São Jorge.  Veja as fotos de Lisboa à noite.

Segundo dia

Agora que você descansou, que tal conhecer o centro de Lisboa da melhor maneira que há: a pé. Vamos dividir o passeio novamente em dois períodos. Como dissemos, um desses períodos pode ser trocado com os passeios do dia anterior.

Comece o dia com um passeio a pé pela famosa Baixa de Lisboa, toda destruída em no terremoto seguido de tsunami de 1 de Novembro de 1755. Visite a Praça do Rossio, a alegre Rua Augusta, a Praça do Comércio e o Rio Tejo. Veja fotos e Post da região da Baixa Pombalina.

Tome o elétrico 28 e suba para o castelo de São Jorge para curtir sua história e fantásticas vistas. Desça a pé curtindo as ruas, os mirantes, as fontes e a vida da Alfama. Veja fotos e Post da região do Castelo. Veja também post e fotos da Alfama. Veja ainda artigo sobre o Elétrico 28.

Volte novamente pela baixa e passe pela rua Porta de Santo Antão, uma rua de pedestres  repleta de restaurantes. Almoce mais um bacalhau no fim da rua no Solmar.

Volte para o hotel, descanse e vá novamente andar a pé, agora pelo Chiado, o Cosmopolita bairro revitalizado após o incendio. Curta as logas do Mercado do Chiado, a rua Garret e Largo do Chiado. (veja mais sobre o Chiado). Pegue novamente o 28 agora para passar pelo Bairro Alto até o Palácio de São Bento e Jardim da Estrela (veja descrição e fotos do pale jardins). Volte pelo mesmo Bonde para o Chiado e vá agora para o Mirante D. Pedro de Alcantara. Volte para a Rua do Carmo e desça a calcada do mesmo Nome até a estação do Rossio. Pode jantar por aqui ou no Castelo de São Jorge.

Terceiro dia

Você está a dois dias em Lisboa e ela ainda tem muita coisa pra ver. Que tal ir hoje para a Praça Marques do Pombal. Suba o Parque Eduardo VII até o alto e tire fantásticas fotos dos mosaicos do jardim com lisboa e o tejo ao fundo (veja Post do Parque Eduardo VII) . A pé dá para ir ao enorme magazine “El Corte Inglês”  e ao respeitado Museu Calute Gulbenkian, bem próximo. Dá para almoçar nos restaurantes do magazine.

À Tarde você pode ir ao zoológico de Lisboa, ver um bom Show de Baleias Orca e Golfinhos ou ir as compras no maior outlet da europa, o Freport, ou nos shoppings alcançados pelo metrô (Amoreiras, Colombo ou Parque das Nações).

Quarto Dia

 Hoje é dia de conhecer Sintra, um passeio de dia inteiro. Há muitas opções para fazer isso. Pegue um trem no Rossio, um pacote Citirama, um taxi ou alugue um carro. O trem te deixa no centro de Sintra e é a opção mais barata.

Visite os dois castelos fantásticos (palácio da Pena, Palácio Nacional) e curta a vila. Tome um café e coma um travesseiro no café “Piriquita” almoce no Café Paris, Olhando para o Palácio Nacional. Se você foi de taxi ou está de carro volte pelo Cabo da Roca, a rocha que é o ponto mais ocidental de Portugal e pelo litoral incluindo a praia do Guincho, Boca do Inferno, Cascais e Estoril  (veja post de Sintra e do Cabo da Roca e Boca do Inferno).

Quinto Dia

O quinto e último dia é destinado a conhecer o interior de Portugal, em direção ao norte viagem apenas um pouco mais longa. Você pode fazer esses passeios de carro alugado ou excursão. Pode até usar  um taxi. O preço será bastante equivalente. Pense até na hipótese de dormir por essas paradas para fazer o roteiro do sexto dia. Esta região está também em um roteiro específico de 7 dias no centro de Portugal.

Neste dia você pode ir Fátima, passando pelos mosteiros de Tomar, alcobaça e Batalha, que contam muito da história de Portugal e ficam em vilas características. Veja os posts específicos de Tomar, da Batalha e de Alcobaça.

Sexto Dia

No sexto dia  você pode ir para Mafra, um dos palácios nacionais e óbidos, uma vila histórica, e passar ainda por belas praias como Ericeira e Santa Cruz. Almoce na Vila Pesqueira de Peniche. Todos esses lugares são vilas características de Portugal. Esse dia pode ser a partir de Lisboa, ou um retorno do pernoite na região de Fátima. Veja posts específicos de Óbidos, Mafra, Peniche, Ericeira e Santa Cruz.

Sétimo Dia

O sétimo dia vai é dedicado para o Sul, para Évora e a região do Alentejo. Passe por Setúbal. Visite a cidade medieval de Évora e as vilas tipicas nos arredores, como Arraiolos.

Álbum de fotos:

 

 

 

 

 

 

 

 

Lisboa do Avião - Praça Eduardo VII

EStação do Rossio à noite

Rua Augusta na baixa pombalina de Lisboa

lisboa parque eduardo VII

Lisboa praça do Rossio vista do Elevador Santa justaPOnte 25 de Abril vista do Castelo de São Jorge

vista de Lisboa do mirante S. Pedro de Alcantara

Mosteiro dos Jeronimos - Lisboa - Portugal

Alfama

Lisboa palacio de São bento

Lisboa largo do Chiado

Corais no oceanario de Lisboa

 

 

 

 

 

 

 

POnte 25 de Abril vista do Castelo de São Jorge

p/astrong

Esta entrada foi publicada em 2012, Lisboa, Portugal, Roteiros e marcada com a tag , , , , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

4 respostas a Lisboa: Um roteiro de 7 dias

  1. Satu Souza disse:

    Prezado Jorge,

    Vc caiu do céu…. Farei um roteiro Scandinavia/Russia em junho de 2013 mas, como sempre quis conhecer Portugal, irei uma semana antes e ficarei em Lisboa… Ainda não li todo o(s) seu(s) roteiro(s) mas tenho certeza que eles serão de grande valia. Muito obrigado….

    • jcduarte disse:

      Satu

      Eu é que agradeço a visita. Não deixe mesmo de visitar portugal. Vale a pena e está muiiiito barato. É só pesquisar no Booking. Hotel 5 estrelas por 100 euros a diária.

      Se precisar de qualquer coisa é só falar. No que eu puder ajudar estarei às ordens.

      Abraços

      Jorge

  2. Adirte A. Pratts disse:

    Amei o roteiro vamos a Espanha e Portugal final de maio inicio de junho e seus roteiro esta ótimo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>